O que é ?

O Príncipe 2030 visa fornecer um guião para um desenvolvimento inclusivo, sustentável e resiliente da Região Autónoma do Príncipe.​

O Príncipe 2030 é uma plataforma que organiza a condução de projectos necessários para promover o desenvolvimento social, cultural, ambiental e económico da região, de forma a facilitar a colaboração entre diferentes actores, identificar áreas prioritárias de acção, e definir meios de implementação.

Foi elaborado de forma colaborativa, respondendo aos anseios e aos potenciais dos residentes da ilha coordenado pela ONU-Habitat no âmbito do Programa Conjunto da ONU para o Desenvolvimento Sustentável da ilha do Príncipe.

Sobre o Paìs

São Tomé e Príncipe (STP) é um arquipélago de duas ilhas com aproximadamente 190.000 habitantes, localizado ao longo do Equador, a 250 km a oeste do Gabão. Desde a sua independência em 1975, o país passou de um regime de partido único socialista para um sistema democrático multipartidário nos anos 90.

 

A sua economia é predominantemente baseada na agricultura (particularmente cacau) e pesca, com um importante setor turístico em crescimento e pequena indústria. O PIB per capita é entre 400 e 500 USD. O orçamento do país depende principalmente de financiamento externo (particularmente União Europeia, Banco Africano de Desenvolvimento, Banco Mundial e parceiros bilaterais, como a China). Enquanto metade da sua população vive abaixo da linha da pobreza, a esperança de vida é de 70 anos e a taxa de alfabetização é superior a 80%.

 

A ilha do Príncipe foi administrativamente constituída como Região Autónoma em 29 de Abril de 1995, tendo Santo António como capital. Possui uma área de 142 km² e uma população em rápido crescimento de aproximadamente 8.000 habitantes.

Foto © Rui Camilo