GARANTIR A INCLUSÃO SOCIAL, A SEGURANÇA E A COBERTURA UNIVERSAL DE SAÚDE, PROMOVENDO OPORTUNIDADES EQUITATIVAS 

METAS

5.1. Até 2025, garantir uma distribuição territorial equitativa dos serviços sociais, particularmente de saúde e educação, adaptados às crianças, mulheres e pessoas com deficiência

INDICADORES

5.1.1. Taxa de alfabetização, por sexo e bairro

5.1.2. Proporção do total de gastos governamentais em serviços essenciais (educação, saúde e proteção social)

5.2. Até 2025, universalizar acesso a saneamento adequado, incluindo provisão de água potável e sistemas de coleta e deposição de resíduos sólidos e efluentes

5.3. Até 2022, elaborar e implementar políticas inclusivas que promovam a autonomia (através da empregabilidade) de grupos vulneráveis, a incluir questões de género e deficiência

5.4. Até 2030, reforçar a segurança local, especialmente através de medidas preventivas

5.a. Monitorização do respeito aos direitos humanos e cobertura social

5.b. Formação e sensibilização da população em relação práticas saudáveis sociais e desportivas

5.c. Sensibilização do sector privado em relação à responsabilidade social (Corporate Social Responsibility - CSR)

5.2.1. Proporção da população utilizando serviços de água potável geridos de forma segura

5.2.2. Proporção da população utilizando serviços de saneamento geridos de forma segura

(indicador 1.1.2)

5.3.1. Proporção de gastos recorrentes e de capital em setores que beneficiam desproporcionalmente mulheres, pessoas pobres e grupos vulneráveis

5.3.2. Proporção de pessoas vivendo abaixo dos 50% da renda média, por sexo, idade, pessoas com deficiência e outros grupos vulneráveis

5.4.1. Proporção da população objeto de violência física, psicológica ou sexual nos últimos 12 meses

5.4.2. Taxa de criminalidade (para 100.000 habitantes)

5.a.1. Proporção da população coberta por sistemas/pisos de proteção social, de acordo com sexo, diferenciando idade, desempregados, idosos, pessoas com deficiências, grávidas, recém-nascidos, vítimas de acidentes de trabalho e os mais pobres e vulneráveis

5.b.1 Número de atividades de sensibilização em relação a práticas saudáveis sociais e desportivas

5.c.1 Número de empresas que publicam relatórios de sustentabilidade

Projectos Prioritários para o Período 2020-2022

1. Requalificação dos postos de saúde das comunidades, melhorando a oferta de cuidados,

    capacitando os profissionais

2. Atingir o nível educação primário e secundário e criação do projecto “bolsa escola” 

3. Desenvolver a autonomia de atendimento médico na RAP, através das potencialidades da Telemedicina, a formação contínua dos quadros nacionais e criação de um hospital de referência na ilha

Foto © Felix Vollmann

Plano de Desenvolvimento Sustentável da Região Autônoma do Príncipe